3. Plataforma tecnológica, infraestrutura e registro do domínio

De Guia de TIC na Educação
Edição feita às 16h18min de 30 de julho de 2012 por Adriana (disc | contribs)

(dif) ← Versão anterior | ver versão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa

A escolha da plataforma tecnológica, o registro do domínio e a infraestrutura são outros itens que devem constar do planejamento de um Ambiente Virtual de Aprendizagem.

Quando falamos em plataforma tecnológica, estamos nos referindo ao software utilizado para construir o Ambiente Virtual de Aprendizagem. Há softwares específicos para publicação e gestão de conteúdos, conhecidos como CMS (Content Management Systems), e os próprios para gerenciar cursos online, o LMS (Learning Management Systems). E há também outros tipos de plataforma, como a Wiki, que é um software para criação colaborativa de páginas na Internet - o mais famoso é a Wikipédia, cuja plataforma tecnológica é a Wikimedia.

Esses softwares podem ser proprietários, de código aberto, softwares livres e gratuitos:

  1. Software proprietário é aquele cuja cópia, redistribuição ou modificação são em alguma medida restritos pelo seu criador ou distribuidor. Para utilizá-lo, é preciso pagar, adquirindo uma licença.
  2. Código aberto significa que qualquer pessoa pode ter acesso ao código-fonte do programa, mas que seu desenvolvedor determina as suas condições de uso. Um software com código aberto não necessariamente é um software livre.
  3. Software livre é quando se pode não só utilizar livremente o programa, mas também copiar, distribuir, modificar e estudar o software. Assim é condição ter o código aberto para ser software livre. O software livre é considerado um movimento social, que defende uma causa. Para saber mais, acesse Free Software Fundantion.
  4. Software gratuito é um programa que você pode utilizar sem pagar. O software pode ser gratuito e livre, por outro lado, pode ser também gratuito e fechado. Um software nesta condição é restrito, isto é, somente o autor ou a entidade que o desenvolve tem acesso ao código-fonte, portanto você não pode alterá-lo ou simplesmente estudá-lo, somente usá-lo da forma como foi disponibilizado.
Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas