3. Plataforma tecnológica, infraestrutura e registro do domínio

De Guia de TIC na Educação
(Diferença entre revisões)
Ir para: navegação, pesquisa
(Criou página com 'A escolha da plataforma tecnológica, o registro do domínio e a infraestrutura são outros itens que devem constar do planejamento de um Ambiente Virtual de Aprendizagem. Qu...')
 
Linha 8: Linha 8:
 
# '''Software livre''' é quando se pode não só utilizar livremente o programa, mas também copiar, distribuir, modificar e estudar o software. Assim é condição ter o código aberto para ser software livre. O software livre é considerado um movimento social, que defende uma causa. Para saber mais, acesse [http://www.fsf.org/ Free Software Fundantion].
 
# '''Software livre''' é quando se pode não só utilizar livremente o programa, mas também copiar, distribuir, modificar e estudar o software. Assim é condição ter o código aberto para ser software livre. O software livre é considerado um movimento social, que defende uma causa. Para saber mais, acesse [http://www.fsf.org/ Free Software Fundantion].
 
# '''Software gratuito''' é um programa que você pode utilizar sem pagar. O software pode ser gratuito e livre, por outro lado, pode ser também gratuito e fechado. Um software nesta condição é restrito, isto é, somente o autor ou a entidade que o desenvolve tem acesso ao código-fonte, portanto você não pode alterá-lo ou simplesmente estudá-lo, somente usá-lo da forma como foi disponibilizado.
 
# '''Software gratuito''' é um programa que você pode utilizar sem pagar. O software pode ser gratuito e livre, por outro lado, pode ser também gratuito e fechado. Um software nesta condição é restrito, isto é, somente o autor ou a entidade que o desenvolve tem acesso ao código-fonte, portanto você não pode alterá-lo ou simplesmente estudá-lo, somente usá-lo da forma como foi disponibilizado.
 +
 +
<center>
 +
{| style="background-color:#F8F8FF; border-color:#cccccc; border-style:solid; border-width:1px" cellpadding="10%" cellspacing="5" align="left"
 +
|-
 +
|'''Todo software livre é gratuito?'''
 +
 +
Você já sabe que o software livre consiste na ideia de que você possa utilizar, distribuir, estudar o código-fonte ou até modificá-lo, sem necessidade de pedir autorização ao seu desenvolvedor. Softwares nestas condições geralmente não requerem pagamento, mas isso não é regra: um programa pode ser livre, mas não necessariamente gratuito.
 +
Uma pessoa pode pagar para receber um software livre ou cobrar para distribuir um programa nesta condição, por exemplo, desde que esta ação não entre em conflito com as liberdades apontadas pela Free Software Foundation.
 +
Como exemplo, um programador pode desenvolver um aplicativo, disponibilizá-lo como software livre e vendê-lo em seu site, desde que não impeça o comprador de acessar o código-fonte, fazer alterações, redistribuir e assim por diante.
 +
Perceba que esta é mais uma diferença entre software livre e um software meramente gratuito. Fonte: http://www.infowester.com/freexopen.php
 +
 +
 +
 +
|}
 +
</center>

Edição de 16h20min de 30 de julho de 2012

A escolha da plataforma tecnológica, o registro do domínio e a infraestrutura são outros itens que devem constar do planejamento de um Ambiente Virtual de Aprendizagem.

Quando falamos em plataforma tecnológica, estamos nos referindo ao software utilizado para construir o Ambiente Virtual de Aprendizagem. Há softwares específicos para publicação e gestão de conteúdos, conhecidos como CMS (Content Management Systems), e os próprios para gerenciar cursos online, o LMS (Learning Management Systems). E há também outros tipos de plataforma, como a Wiki, que é um software para criação colaborativa de páginas na Internet - o mais famoso é a Wikipédia, cuja plataforma tecnológica é a Wikimedia.

Esses softwares podem ser proprietários, de código aberto, softwares livres e gratuitos:

  1. Software proprietário é aquele cuja cópia, redistribuição ou modificação são em alguma medida restritos pelo seu criador ou distribuidor. Para utilizá-lo, é preciso pagar, adquirindo uma licença.
  2. Código aberto significa que qualquer pessoa pode ter acesso ao código-fonte do programa, mas que seu desenvolvedor determina as suas condições de uso. Um software com código aberto não necessariamente é um software livre.
  3. Software livre é quando se pode não só utilizar livremente o programa, mas também copiar, distribuir, modificar e estudar o software. Assim é condição ter o código aberto para ser software livre. O software livre é considerado um movimento social, que defende uma causa. Para saber mais, acesse Free Software Fundantion.
  4. Software gratuito é um programa que você pode utilizar sem pagar. O software pode ser gratuito e livre, por outro lado, pode ser também gratuito e fechado. Um software nesta condição é restrito, isto é, somente o autor ou a entidade que o desenvolve tem acesso ao código-fonte, portanto você não pode alterá-lo ou simplesmente estudá-lo, somente usá-lo da forma como foi disponibilizado.
Todo software livre é gratuito?

Você já sabe que o software livre consiste na ideia de que você possa utilizar, distribuir, estudar o código-fonte ou até modificá-lo, sem necessidade de pedir autorização ao seu desenvolvedor. Softwares nestas condições geralmente não requerem pagamento, mas isso não é regra: um programa pode ser livre, mas não necessariamente gratuito. Uma pessoa pode pagar para receber um software livre ou cobrar para distribuir um programa nesta condição, por exemplo, desde que esta ação não entre em conflito com as liberdades apontadas pela Free Software Foundation. Como exemplo, um programador pode desenvolver um aplicativo, disponibilizá-lo como software livre e vendê-lo em seu site, desde que não impeça o comprador de acessar o código-fonte, fazer alterações, redistribuir e assim por diante. Perceba que esta é mais uma diferença entre software livre e um software meramente gratuito. Fonte: http://www.infowester.com/freexopen.php


Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas